_PB_4607.jpg

Walter Carvalho

Florianópolis

 

Formado em design gráfico pela Escola Superior de Desenho Industrial do Rio de Janeiro (ESDI). Desde 1972, desenvolve intensa atividade como profissional da imagem: em fotografia, no cinema e na TV, recebeu mais 80 prêmios nacionais e internacionais. No cinema, foi responsável pela direção de fotografia entre outros de Lavoura arcaica, Abril despedaçado, Madame Satã, Central do Brasil, Amarelo manga, Terra estrangeira e Carandiru.


Dirigiu os filmes Budapeste, Raul, o inicio o fim e o meio, Brincante, Um filme de cinema, entre outros .

Conquistou o Golden Frog no Film Festival of Cinematography Camerimage’98.
Seu percurso duplo de fotografo e cineasta se reflete em todo seu trabalho autoral. Conta com diversas publicações, como o livro Contrastes simultâneos, Fotografias de um filme ambos da Cosac Naify e Walter Carvalho, fotógrafo editado pelo Instituto Moreira Salles.


Realizou diversas exposições individuais e coletivas. Participante do FotoRio desde sua primeira versão.

Na TV fotografou a novela Renascer e Rei do gado e como diretor fez as séries, “Justiça”, “Rebu”, “Onde nascem os fortes” e as novelas “Amor de Mãe” e “Pantanal”.
Sua obra fotográfica integra coleções como as do Museu de Arte do Rio (MAR), Maison Europenne de la Photographie (MEP), Coleção Pirelli /MASP, Instituto Moreira Salles e Museu de Arte Moderna de São Paulo.
Integra a Photographers Encyclopaedia International, 1839 to present.
Walter Carvalho é artista da Galeria Multiplo, e da Galeria Casa da Gávea.
É membro da Academia (Oscar) de Cinema de Hollywood.

“Em viagem pelo Pará em 1982 para documentar o garimpo de Serra Pelada, estendi a viagem até a região de nome de Cumaru devido o tipo de árvore predominante na região. Para lá foram os homens que procuravam Serra Pelada, que na época já havia proibido o excedente de garimpeiros que procuravam trabalho. Cumaru, perdida no mundo da floresta amazônica absorvia esse contingente, formando uma poderosa mina de ouro sob a guarda do governo federal. Permaneceu assim até ser desativada, quando foi criado o município de Cumaru do Norte em dezembro de 1991."

Walter Carvalho

 

Graduated in graphic design at Escola Superior de Desenho Industrial do Rio de Janeiro (ESDI). Since 1972, he has developed intense career as an image professional: in photography, film and TV, he has received over 80 national and international awards. In cinema, he was responsible for the cinematography, among others, of Lavoura arcaica (To the Left of the Father), Abril despedaçado (Behind the Sun), Madame Satã, Central do Brasil, Amarelo manga (Mango yellow), Terra Ocidental and Carandiru.

He directed the films Budapest; Raul, o início, o fim e o meio; Brincante; Um filme de cinema, among others.

He won the Golden Frog at the Film Festival of Cinematography Camerimage’ 98.

His dual journey as a photographer and filmmaker can be perceived in all his authorial work. He has several publications, such as the books “Contrastes simultâneos and Fotografia de um filme” – both by Cosac Naify and “Walter Carvalho, a photographer”, edited by Instituto Moreira Salles.

He held several individual and group exhibitions. He has taken part of FotoRio since its first edition.

On TV, he photographed the soap operas “Renascer” and “Rei do gado” and, as director, he made the series “Justiça”, “Rebu”, “Onde nascem os fortes” and the soap operas “Amor de Mãe” and “Pantanal”.

His photographic work is part of collections such as those of the Museu de Arte do Rio (MAR), Maison Europenne de la Photographie (MEP), Coleção Pirelli /MASP, Instituto Moreira Salles and Museu de Arte Moderna de São Paulo.

He is part of the Photographers Encyclopaedia International, 1839 to present.

Walter Carvalho is an artist at Galeria Multiplo, and at Galeria Casa da Gávea.

He is a member of the Hollywood Film Academy (Oscar).

"On a trip to Pará in 1982 to report the mining system in Serra Pelada, I extended the trip to the region called Cumaru due to its predominant type of tree. The men who went there were looking for Serra Pelada, which at the time had already banned the surplus of miners looking for work. Cumaru, lost in the world of the Amazon rainforest, absorbed this contingent, thus forming a powerful gold mine under the guard of the federal government.So it remained until it was deactivated when the municipality of Cumaru do Norte was created in December 1991."

Walter Carvalho

João Pessoa, PB, 1947, fotografo e cineasta

Cine Cumaru, 1982 | Cine Cumaru, 1982 

Localização: Coqueiros via expressa, Florianópolis - SC