24.jpg

Aline Motta

 

Para o projeto M.A.P.A., a artista criou um díptico a partir de imagens de sua série de fotografias (Outros) Fundamentos. Parte de um projeto de longa duração e que se desdobra em diferentes suportes, (Outros) Fundamentos trata das consequências  da jornada que a artista empreendeu em busca de suas raízes. 

Com imagens captadas em Lagos/Nigéria, Cachoeira/BA e Rio de Janeiro/RJ, procura reestabelecer laços com seus ancestrais comuns, através das águas e pontes que conectam as três cidades, e imaginando uma possível comunicação por espelhos, que refletiriam a mesma luz dos dois lados do Atlântico.

 

Motta created, especially for M.A.P.A., a diptych using images from her series

(Other) Fundamentals.  Part of a long-term project that unfolds in different medias, (Other) Fundamentals spans from the findings of a journey the artist took in search of her roots. Motta captured images in Lagos/Nigeria, Cachoeira/Bahia and Rio de Janeiro seeking to re-establish ties with their ancestors.   Through the waters and bridges that connect the three cities, Motta imagined a possible mirror communication, which would reflect the same light on both sides of the Atlantic.

 

Artista visual, Aline Motta (Rio de Janeiro, 1979) combina técnicas e práticas artísticas diversas através da fotografia, vídeo, instalação, performance, sonografia, impressos e colagens. Investiga em seu trabalho as formas de existência, ressignificação de memórias e criação de novos sentidos e corporalidades. Recentemente participou de exposições importantes como Histórias Feministas, Artistas depois de 2000 (MASP), Histórias Afro-Atlânticas (MASP/Tomie Ohtake) e O Rio dos Navegantes (Museu de Arte do Rio- MAR). Foi vendedora da 7ª Edição do Prêmio Marcantonio Vilaça. É bacharel em Comunicação Social pela UFRJ e pós-graduada em Cinema pela The New School University, Nova York. Vive e trabalha em São Paulo.

 

Visual artist, Aline Motta (Rio de Janeiro, 1979) combines different artistic techniques and practices through photography, video, installation, performance, sonography, prints and collages. In her work, Motta investigates the forms of existence, the reframing of memories and the creation of new meanings and corporealities. She recently participated in important exhibitions such as Histórias Feministas /Afro-Atlantic Histories (MASP), Rio dos Navegantes, at the Rio Art Museum (MAR). Was a finalist of the 7th Edition of the Marcantonio Vilaça Prize. Motta has a BA in Social Communication from UFRJ and a graduate degree in Cinema from The New School University, New York. She lives and works in São Paulo.

 

(Outros) Fundamentos, 2017-2019. Obra adaptada pela artista para o projeto M.A.P.A. na mostra No Calor da Hora. Av. Nações Unidas & Av. Ceará - Conj. Tangara, Rio Branco - AC, 69912-600. Fotografias: Odair Leal